07 novembro 2012

Maneiras de amar você!

Equalizei teu sorriso quando ele passou perto da minha boca com aquele cheiro de hortelã e me hipnotizei quando enxerguei bem dentro dos teus olhos castanhos-claros, um nó de felicidade. Você aprendeu a dançar conforme a minha melodia e rodeou meu coração até encontrar a porta pra entrar, sem saber que estava dentro tentou escapar muitas e muitas vezes e só coube a mim te ensinar a voltar. Pedi desculpas pela minha esquizofrenia e te coloquei no mesmo lugar. Quando chegou a quarta-feira você pediu pra eu te acompanhar, eu me arrastava de preguiça, mas te acompanhava até o segundo andar. Cê me prendia na escada e eu ainda não conseguia te odiar. Enquanto eu lia poesia, você tentava decorar a sua fala e pedia pra eu te acompanhar, eu respondia com um sorriso e você sabia que minha fala seria: eu não sei atuar.

Os meus problemas se encaixavam na curva do seu pescoço e você me ensinava com um esboço, como tudo ia terminar. Quando eu seguia sua linha de raciocínio, eu me embolava feito linha e você tinha de me ajudar. Você fingia estar dormindo quando eu contava algo chato e quando sentia o meu silêncio me puxava para perto, eu decidia te beijar e esquecia muito fácil que precisava te ignorar. Nós seguimos nosso caminho torto e eu reclamava da escadaria, mesmo sabendo que eu faria aquilo mil vezes no dia, só pra te ver, só pra te ter, só pra ser a dona do lugar do seu bem querer. Então passei a não querer mais caminhar sozinha, você juntou os meus pedaços e me tirou da prateleira, me deu um abraço apertado e ficou ao meu lado a vida inteira.

Quem escreveu esse texto:
Lyv Leite
Quinze invernos na memória e mais um tanto de histórias na penúltima gaveta da cômoda. Personagens aleatórios contando um pouco dela mesma, com uma dose nada econômica de sonhos que geram risadas nos outros. Distraída e frágil, esconde os sentimentos até explodir em palavras e enfim respirar novamente. Transforma tragédias em risos muito fácil, e mesmo tão tímida, alonga conversas que um dia talvez cheguem a algum lugar. Mora em um atalho perdido entre Howgarts e Wonderland e gosta de ser chamada de Lyv. 

4 comentários:

  1. Impecavel!

    http://fazdecontatxt.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que gracinha!!

    shelikesrockn-roll.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que fofo !

    http://relembrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir